saude-lazer

Notícia publicada no portal Saúde & Lazer

Além da saúde, técnica contribui para bem-estar social e psicológico do paciente

Nos implantes dentários convencionais, é comum o especialista, após a colocação do parafuso de titânio que funciona como raiz artificial do dente, aguardar alguns meses até que haja a integração ao osso. Graças a uma técnica batizada de Carga Imediata, já é possível colocar a prótese 24 a 48 horas após a cirurgia. Isso, além de poupar o tempo despendido no consultório, também é extremamente benéfico para a autoestima do paciente, pois elimina uma etapa normalmente desgastante, conferindo resultados de forma imediata.

O cirurgião dentista Bruno Novaes, especialista em Implantodontia, explica que a carga imediata é indicada especialmente para situações em que há a necessidade de se implantar mais de um dente. “Em casos de reabilitação total, costuma-se fazer a partir de quatro implantes (All on Four) por arcada em uma única sessão cirúrgica, explica.

Dr. Bruno pondera que a utilização de implantes unitários com o procedimento de carga imediata também pode acontecer. “Antes de decidir ou não pela adoção dessa técnica, é fundamental que se faça uma avaliação clínica e geral do paciente, pois ele precisa apresentar boa estrutura óssea que possibilite o implante de forma segura. Há sim casos em que a carga imediata não é recomendada, como em pessoas com bruxismo”.

Como os implantes exigem elevado conhecimento técnico, devem ser feitos apenas por especialistas. “Planejamento é imprescindível, pois é quando se determina todas as características do implante, inclusive se há necessidade de enxerto ósseo”, finaliza Dr. Bruno.

Sobre Bruno Novaes
Cirurgião dentista especialista em Periodontia e Estética pela USP (Universidade de São Paulo) e em Implantodontia pela São Leopoldo Mandic, Bruno Novaes dirige a Clínica Bruno Novaes, situada no bairro de Itaim Bibi, em São Paulo. Além de implantes e tratamentos de doenças periodontais, o profissional também realiza procedimentos de estética, como clareamento dental.

Procedimentos realizados na clínica

Periodontia
As doenças periodontais são gengivite e periodontite. A primeira atinge a gengiva e a segunda é caracterizada pela inflamação dos elementos que sustentam os dentes. Quando não tratadas devidamente, podem provocar a reabsorção do osso, levando à perda dos dentes.

Sangramento é o sinal mais característico das doenças periodontais, mas outros sintomas podem indicar o problema, como alteração na posição dos dentes, retração da gengiva e inchaço gengival.

O tratamento envolve a remoção da placa bacteriana causadora da doença com raspagem ou, em casos mais agudos, por meio de cirurgia. É sempre indicado recorrer a um especialista para receber o tratamento mais indicado.

Implantodontia
Também chamados de terceira dentição, os implantes são a solução definitiva para a falta de dentes permanentes. A última geração dessa tecnologia consiste na instalação de um parafuso de titânio em substituição à raiz dentária. Ela se integra ao osso maxilar em poucas semanas, estando apta a suportar um dente artificial.

São inúmeras as vantagens desse sistema em relação a métodos antigos, como próteses fixas ou móveis. Para realizar implantes, não é preciso desgastar dentes naturais, como ocorre com as pontes fixas. Eles também são totalmente estáveis, ao contrário do que se verifica com as dentaduras. Outro benefício indiscutível é a prevenção da perda óssea, que acomete a área em que há falta do dente.

Clareamento dental
O tratamento é indicado aos maiores de 15 anos ou a quem tenha todos os dentes erupcionados. Há duas técnicas de clareamento – a aplicação de um gel clareador ativado por laser de baixa intensidade em sessões no consultório ou utilizado em moldeiras individuais de silicone, aplicado pelo próprio paciente em casa. Em ambos os casos, ocorre a neutralização dos pigmentos de cor da dentina, deixando os dentes brancos de novo.