Carga Imediata revoluciona implantes dentários

Além da saúde, técnica contribui para bem-estar social e psicológico do paciente

Nos implantes dentários convencionais, é comum o especialista, após a colocação do parafuso de titânio que funciona como raiz artificial do dente, aguardar alguns meses até que haja a integração ao osso. Graças a uma técnica batizada de Carga Imediata, já é possível colocar a prótese 24 a 48 horas após a cirurgia. Isso, além de poupar o tempo despendido no consultório, também é extremamente benéfico para a autoestima do paciente, pois elimina uma etapa normalmente desgastante, conferindo resultados de forma imediata.

O cirurgião dentista Bruno Novaes, especialista em Implantodontia, explica que a carga imediata é indicada especialmente para situações em que há a necessidade de se implantar mais de um dente. “Em casos de reabilitação total, costuma-se fazer a partir de 4  implantes ( all on four)por arcada em uma única sessão cirúrgica”, explica.

Dr. Bruno pondera que a utilização de implantes unitários com o procedimento de carga imediata também pode acontecer. “Antes de decidir ou não pela adoção dessa técnica, é fundamental que se faça uma avaliação clínica e geral do paciente, pois ele precisa apresentar boa estrutura óssea que possibilite o implante de forma segura. Há sim casos em que a carga imediata não é recomendada, como em pessoas com bruxismo”.

Como os implantes exigem elevado conhecimento técnico, devem ser feitos apenas por especialistas. “Planejamento é imprescindível, pois é quando se determina todas as características do implante, inclusive se há necessidade de enxerto ósseo”, finaliza Dr. Bruno.